Home   Asinoterapia

Asinoterapia

ASINOTERAPIA

Desenvolvida na Bélgica na década de 70, a asinoterapia (terapia com burros) é uma prática terapêutica cada vez mais conhecida e utilizada em países como os Estados Unidos, Inglaterra, França, Itália e Suíça.
Vocacionada para crianças e adultos com necessidades especiais, é um complemento terapêutico verdadeiramente eficaz no tratamento de diversas problemáticas tais como perturbações do espectro do autismo, PHDA, síndrome de Down, síndrome de Prader-Willi, distrofias musculares, desordens emocionais, problemas de adaptação social, problemas de ansiedade e PSPT, traumatismos, paralisia cerebral, entre outros.

FAQS

No que consiste afinal a asinoterapia?
Asinoterapia é uma prática terapêutica que pode ser adequada a cada pessoa na sua individualidade, respeitando o seu grau de desenvolvimento, as suas capacidades e dificuldades, a sua integridade e segurança. Assim, a asinoterapia consiste em atividades de cariz terapêutico e lúdico, que podem ser enquadradas em três grupos principais:

  • Equitação terapêutica – atividades que usam o burro como co-terapeuta numa abordagem interdisciplinar; cujos objetivos principais se focam na melhoria das funções neurológicas e sensoriais do utente.
  • Portage – posicionamentos diversos no dorso do burro, explorando o corpo através de maior tensão/descontração muscular, relaxação, relação e ligação emocional.
  • Maneio – atividades de trato e manutenção do animal, sem ser obrigatório subir para o dorso do mesmo. Devido à sua maior simplicidade, são por vezes as atividades mais adequadas para utentes que inicialmente não se sintam à vontade em cima do animal; não perdendo, no entanto, a sua eficácia.

Porquê o recurso aos burros, e de que forma são estes úteis na terapia?
O burro é um animal de excelência no seu papel de co-terapeuta, devido a variadas características que lhe são naturais:

  • Temperamento dócil, paciente, atento, curioso e inteligente, com uma excelente memória,
  • Fisicamente robusto, capaz de suportar grandes cargas, estável a nível físico e emocional,
  • Movimentos lentos e seguros,
  • Tamanho grande mas sem ser em demasia, tornando-se num interlocutor presente mas não intimidante,
  • A postura disponível promove a aceitação, contacto físico e partilha de espaço,
  • Não é impulsivo, ansioso nem assustadiço,
  • Naturalmente sociável, alerta, afetivo e proativo,
  • Catalizador social que encoraja a comunicação
  • É um reforço positivo para a gratificação, libertação emocional e responsabilidade

Qualquer pessoa pode interagir com o burro sem problemas?
Certamente! A prática da asinoterapia é orientada por técnicos especializados e responsáveis por um conduta segura e planeada de forma a que toda a sessão se desenrole da forma mais benéfica para cada utente, garantindo não só a segurança, mas também a satisfação de todos os envolvidos!

NOTA – As atividades são realizadas por técnicos da área da Reabilitação e Educação Especial.

Todas as nossas actividades necessitam de marcação prévia – Tlm 927 758 757